Me espanta a quantidade de lugares que as pessoas acham que tem pra ir num mundo onde o espaço se torna cada vez mais virtual. Deve ser a impressão de que há sempre algo muito importante a ser feito mas em OUTRO lugar.

Imagino como seriam os aeroportos numa sociedade movida ou, melhor, dominada pelo Ócio. Idílicos.