2019.01.08

Voltei a assistir a 3a. temporada de Mr. Robot. Depois de 3 episódios confusos e esquisitos, a narrativa começa a se acertar. Às vezes, o problema não é do contador da história, mas da má vontade do público. Confesso que o fim da 2a. temporada realmente me desestimulou.



Estou lendo Fun Home de Alison Bechdel, ela mesma, aquela do teste, e começo a pensar como os personagens familiares podem ser belamente construídos como espelhos. Uma boa leitura e uma boa dica prum projeto que estou me devendo escrever.



Tenho passado as noites em claro por conta do calor, já mencionei isso?, e pela sanha da gata que acha que morder meu calcanhar de madrugada é uma brincadeira divertida. Até deve ser, pra ela, mas não pra mim. Como nunca tive gato não sei como lidar com isso.

Hoje, desde que ela chegou foi o primeiro dia em que trabalhei em casa. Deu pra entender toda a sua animação e fixação oral noturna: ela passou o dia inteiro dormindo, com dois ou três intervalos pra ir na caixa da areia, comer e beber água.



Não sei o que me incomoda mais: a agressividade bem intencionada ou a preguiça ostensiva.



O lance dos espelhos da Bechdel também serve para os humanos e seus bichos.



Terminei de passar todo o Tumblr em revista. Foi uma bela trajetória. Mas, com certeza não deixarei passar dos 10 anos de vida.

Por essas e outras já estou considerando voltar pro ello. Sim, ele ainda existe.