2019.02.11

Os gatos nos dão as boas vindas encenando seu ritual da madrugada: estamos sem sono, com fome e queremos brincar.

Há dois meses um grande sucesso que deixa platéias em pé entre 1:30 e 2:30 da manhã.



Vejo pelo Instagram dos amigos que o carnaval já está em pleno vapor na cidade. Tenho emoções conflitantes a respeito. Ao mesmo tempo em que anseio pela oportunidade de rever o pessoal, lembro da ameaça imemorial de Gloria Estefan: The Rythm is gonna get you. Quando será a nossa hora?



Lendo os jornais do fim de semana com dois dias de atraso. Sensação de "ah, o mundo acabou? Sério? E hoje? Estamos vivos ainda?".

Confesso que não sei responder a essa questão com sinceridade.



Cansado de ler sobre o c* do presidente. Aguardo o distanciamento histórico pra que essa fixação com os movimentos intestinais do presidente, ou a falta dos mesmos, seja tratada como metáfora desse governo.



Quem lê e leva a sério Martha Medeiros? Nada contra ela, mas a sua importância é um belo sinal de que nos falta divulgar boas escritoras.

Colocar ela e Danusa na revista Ela é no mínimo preguiça ou medo de dar cartaz pra uma mulher que tenha opinião de fato.

Tá explicado.



Insônia. Também fui dormir de tarde por conta da gripe. Já viu, né?