2019.02.01

Perigosa essa transição de Discovery pra elementos sobrenaturais. Acredito que será tudo explicado cientificamente no final, como um episódio de Scooby-Doo, mas se o Plot se alongar muito os riscos são grandes.

Por outro lado, como toda FC, a discussão religiosa num contexto pretensamente científico é a nossa realidade. Usamos computadores portáteis para acessar redes intangíveis que cobrem o globo e atacar os outros pelas suas crenças diferentes a respeito do que é sobrenatural.

Cyber barroco.



O episódio 3 tem o gostinho clássico de Star Trek: pouca ação e muita falação. Tava sentindo falta.



E as mães de Spock? Sempre escolhem atrizes deslumbrantes. Faz sentido. Afinal quem seria a humana a quebrar a casca lógica e fria de toda uma civilização? Não foi só um lance de Pon Farr, foi paixão. E amor.



My man deveria ser a máxima honraria no universo.



A importância e o formalismo com os quais a eleição dos presidentes do senado e da camera está sendo tratada na imprensa, mostra como somos um parlamentarismo.

Não era melhor assumir isso?



Dazed and Confused. Sempre um prazer. Linklater nunca me decepcionou.