2019.01.30

Morar no Rio deve ser algum tipo de purgatório. A cidade é ótima; boa parte do povo bem legal; mas o calor e a impossibilidade de viver decentemente criada pela monarquia pseudo republicana decadente que afundou a cidade são de matar.

Morro de saudades de BH, mas tenho certeza que estou pagando algum karma por ter sido obrigado a voltar pra cá. Nem que tenha sido o medo de nem tentar não voltar.



Mas gosto da cidade. Quem não adora os algozes que o criaram?



O que foi essa cena criando paralelismo entre o Bar Mitzvah e o comício nazista? Mesmo em decadência, O Homem do Castelo Alto é capaz de belos momentos.



Interessante retornar a PUC. Foi um período interessante e traumático da minha vida que eu deveria ter aproveitado melhor. A minha suposta convicção ideológica me impediu ser mais uma vez pelo menos um pouquinho feliz.