2019.01.26

Sábado preguiçoso cheio de notícias ruins do mundo exterior. Só dá vontade de cantar Raul: "Não preciso ler jornais, mentir sozinho eu sou capaz. Não quero ir de encontro ao azar".

O problema não é saber dos males que acometem o mundo. O problema é saber que ninguém vai cuidar deles e você está de mãos atadas. Historicamente o país tem o costume de trancar os pepinos em gavetas e esperar que se resolvam sozinhos.

Não rola.



Em uma festa infantil sem álcool. Tudo bem, fazemos os maiores sacrifícios pelas crianças, mas tenho quase certeza na convenção de Genebra tem algo que proíbe se manter sóbrio em aniversários de crianças em casa de festas. Especialmente quando as mesmas envolvem pessoas fantasiadas de personagens da Disney.



Falo mal e sempre tento escapar delas, mas tenho grandes ideias em festas infantis. Devia investir num livro de contos a respeito.



Noite no piscinão da lage. Papos sérios demais e emoção a flor da pele. É. O Ano já começou. Pelo menos psicanaliticamente.